Depoimento Lívia Gregório

tumblr_ls0jlcZQQs1qcagvi
“Eu já tinha feito um depoimento e postado no meu blog. Se quiserem publicar fiquem a vontade, se não, tudo bem do mesmo jeito, fico feliz só de poder partilhar c vocês a minha trajetória nessa jornada.”

“Eu queria falar um pouco sobre mim: Tenho uma doença e essa doença afeta quem eu sou em alguns momentos. Normalmente, assisto séries, amo filmes, como chocolate e sou viciada em coca-cola. Gosto de nadar, escrever, dançar e ultimamente tenho pensado em atuar. Estudei publicidade, mas devido as complicações da doença, parei. Eu até gostava. Pensando bem os olhos brilham quando escuto medicina veterinária. Enfim, enquanto doente falo alto, fico agitada, pensamento acelerado, gastos alem do normal ou às vezes moribunda, sem vontade de levantar até pra beber água além do pensamento de morte; Medicamentos com efeitos colaterais; 20kg a mais. Isso é muito triste, desgastante e horrível. Pra quem não conhece o Transtorno Bipolar e acha que pode ter, eu aconselho, leia mais, vá ao médico. Sem preconceito. Não tem cura, mas pode ser controlado. Eu tenho isso, mas não me deixo abalar. Hoje estou estável, me sinto bem. Apta a ganhar o dia a dia. Assim como eu posso vencer, você também pode. Esse é o resumo da minha vida, que tenho a bipolaridade desde os 15 mas fui diagnosticada aos 23 no qual foi um baque. Agradeço aos profissionais da saúde que cuidaram de mim e à quem mais amo, minha família que esteve por perto a todo momento.

Obrigada ABRATA por permitir que esse depoimento seja divulgado e que, do fundo do coração, desejo que seja muito bem-vindo.”

« Voltar

Destaques

Seja um Voluntário ABRATA

A ABRATA visando a melhoria no processo de seleção dos candidatos ao voluntariado e adequação às novas necessidades, temporariamente, não estará cadastrando candidatos. Em breve, abriremos o cadastro para novos interessados.

Nota da Diretoria ABRATA

Nota da Diretoria Executiva e Conselho Científico da ABRATA sobre a vacinação COVID-19 para as pessoas que apresentam diagnóstico de transtorno mental.

Comunicado da Diretoria

De acordo com as orientações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado de São Paulo, a ABRATA continua com as atividades presenciais SUSPENSAS por TEMPO INDETERMINADO.

Campanha “Pode Contar”

A campanha "Pode Contar", é uma iniciativa do Laboratório Sanofi-Medley, com o apoio da ABRATA, que visa ajudar, com empatia, pessoas que lhe sejam próximas e colaborando para o enfrentamento da depressão. É também um canal de ajuda para quem apresenta depressão, fornecendo informações sobre os sintomas, causas, como lidar, e acima de tudo: como fazer para pedir ajuda e não se "sentir sozinho".

Campanha “Depressão Bipolar, está na hora de falar sobre isso”

Depressão bipolar: está na hora de falar sobre isso” é a mais nova campanha da Daiichi Sankyo, que tem o apoio da ABRATA - Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos. O objetivo é conscientizar a população em geral sobre a importância da depressão bipolar, doença que atinge mais de seis milhões de brasileiros e depende de melhor diagnóstico e tratamento adequado.

2018-02-02T17:10:57+00:00 18 de abril de 2016|Categorias: Blog, DEPOIMENTO, Sem categoria|Tags: , |6 Comentários

6 Comentários

  1. Oscar Büschel 18 de abril de 2016 às 22:35 - Responder

    Querida Lívia,

    Também sofro de bipolaridade diagnosticada há 25 anos. Passo por dificuldades e problemas parecidos com os quais você relata. A vida é possível mesmo portando TAB.
    Vamos em frente !
    Abraços,
    Oscar

  2. Fabian 30 de abril de 2016 às 01:54 - Responder

    Srtª Livia, muito importante vc compartilhar a sua jornada, acho que também sou portador de TBH, mas de forma leve e que atrapalha muito a minha vida, atualmente faço uso de antidepressivo(sertralina) e olcadil/rivotril mas não resolve muito, não consigo viver plenamente. Gostaria de ter um contato para troca de experiencias, sou do estado do Espírito Santo.

    • Equipe Abrata 20 de maio de 2016 às 21:48 - Responder

      Caro Fabian

      Agradecemos os eu contato.
      Abraços
      Equipe ABRATA

    • Gabriela Marchiorato Drapcynski 29 de junho de 2016 às 19:36 - Responder

      Ooi, se quiser conversar me envie um e-mail, já tomei sertralina no início do meu diagnóstico. Em tempos difíceis tive crise e continuo com o tratamento. Meu contato: marchioratogabriela@gmail.com

  3. Wellington Oliveira 6 de julho de 2016 às 11:53 - Responder

    Cara Lívia.
    Também sou portador de T. Bipolar e estou estabilizado. Gostaria de coloca-la no meu grup0 de contato, para tal, envie-me um email, por favor.
    wlins2@hotmail.com

    • Equipe Abrata 6 de julho de 2016 às 20:06 - Responder

      Caro Wellington

      Agradecemos o seu contato e publicamos o seu pedido.
      Abraços
      Equipe ABRATA

Deixe o seu comentário