ENCONTRAR O TRATAMENTO

Qual é a recuperação? Recuperação da saúde mental é uma jornada de tratamento e transformação permitindo que a pessoa com um problema de saúde mental possa viver uma vida significativa em sua comunidade, enquanto se esforça para alcançar o seu pleno potencial. -SAMSHA (do Abuso de Substâncias e Saúde Mental Health Services Administration / Centro de Serviços de Saúde Mental (http://www.samhsa.gov/)

PASSOS DE RECUPERAÇÃO

Depressão e transtorno bipolar são transtornos do humor – afetam o humor da pessoa, os pensamentos, corpo, energia e emoções. Ambas as doenças, especialmente o transtorno bipolar, tendem a seguir um curso cíclico, ou seja, apresenta altos e baixos.

Durante o tratamento dos transtornos do humor também podem ocorrer altos e baixos. Por mais que a gente possa querer o bem-estar, muitas vezes a mudança não acontece do dia pra noite. É normal que a pessoa deseje se sentir melhor o mais rápido ou, ao contrário, se preocupar que nunca vai se sentir bem novamente. No entanto, saiba você portador, pode se sentir melhor, e que, finalmente, você é que está no comando da sua recuperação.

Há muitas coisas que você pode fazer para ajudar a si mesmo!

O alívio dos sintomas é apenas o primeiro passo no tratamento da depressão ou da bipolaridade. O bem estar e a recuperação, que as vezes tanto preocupam – significam o retorno a uma vida. A recuperação ocorre quando a sua doença deixa de ficar no caminho de sua vida. Isso acontece quando você decide qual é o significado da recuperação na sua vida

A pessoa com transtornos do humor tem o direito de se recuperar de acordo com as suas necessidades e objetivos. Fale com o seu médico sobre o seu tratamento e do que você precisa para alcançar a sua recuperação. O médico deve lhe informar sobre o tratamento (s) e / ou medicação (s) que melhor funcionam para o seu tratamento. Ao longo do caminho, a pessoa com transtornos do humor tem todo direito de fazer perguntas sobre os tratamentos que está recebendo.

Também é importante fazer o acompanhamento com um psicoterapeuta. Assim como contar com o apoio dos membros da família, amigos ou colegas próximos para lhe ajudar em sua recuperação. Saiba que as metas definidas para a sua vida, a sua saúde, elas poderão mudar ao longo do tempo.

Às vezes, a depressão e o transtorno bipolar pode levá-lo a sentir que parece difícil definir as metas para si mesmo. Poderá sentir-se como quase impossível pensar sobre as suas expectativas de vida, o que você espera ou o que lhe preocupa. Mas o estabelecimento de metas é uma parte importante para o seu bem-estar, não importando onde você está no seu caminho para a recuperação.

Agir no que você pode, quando você puder!

Estabelecimento de metas – Identificar os objetivos de vida é o coração do processo de recuperação/tratamento. Quando vislumbramos um futuro para nós mesmos, começamos a sentir mais motivados para fazer tudo o que pudermos para alcançar esse futuro. As metas podem ser grandes ou pequenas, dependendo de onde você está em sua jornada de recuperação.

Pergunte a si mesmo – O que me motiva? O que me interessa? O que eu faria mais se pudesse? O que eu quero? O que me interessa, ou o que antes eu me preocupava? Onde eu quero que a minha vida vá? O que me traz alegria? Quais são os meus sonhos e esperanças?

As perguntas podem ajudá-lo a definir os pequenos objetivos e assim trabalhar até aos objetivos maiores. Você poderá iniciar definindo um objetivo pequeno para si mesmo, no início de cada dia. Como se movimentar para a frente em direção a recuperação; olhar para as diferentes áreas de sua vida e pensar sobre suas metas de curto e longo prazo.

Lembre-se, em primeiro lugar, de pensar seus objetivos em pequenos passos. A meta, como “mudança para uma nova cidade”, por exemplo, pode ser difícil de visualizar e planejar tudo de uma vez. Pergunte a si mesmo o que você precisa fazer primeiro para a recuperação. O que você pode fazer agora que irá ajudá-lo, eventualmente, a atingir essa meta? Não só vai ajudá-lo a chegar mais perto do seu objetivo, mas também irá ajudar no sentimento positivo de realização.

Fonte: https://www.dbsalliance.org

« Voltar

Destaques

Seja um Voluntário ABRATA

A ABRATA seleciona candidatos para o trabalho voluntário que estão disponíveis para doar seu talento, tempo e trabalho para a prestação do serviço voluntário ao próximo. Não há necessidade de experiência em lidar com os familiares e as pessoas com transtorno bipolar e depressão, basta apenas ter a vontade e o desejo de ajudar.

Campanha “Pode Contar”

A campanha "Pode Contar", é uma iniciativa do Laboratório Sanofi-Medley, com o apoio da ABRATA, que visa ajudar, com empatia, pessoas que lhe sejam próximas e colaborando para o enfrentamento da depressão. É também um canal de ajuda para quem apresenta depressão, fornecendo informações sobre os sintomas, causas, como lidar, e acima de tudo: como fazer para pedir ajuda e não se "sentir sozinho".

Campanha “Depressão Bipolar, está na hora de falar sobre isso”

Depressão bipolar: está na hora de falar sobre isso” é a mais nova campanha da Daiichi Sankyo, que tem o apoio da ABRATA - Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos. O objetivo é conscientizar a população em geral sobre a importância da depressão bipolar, doença que atinge mais de seis milhões de brasileiros e depende de melhor diagnóstico e tratamento adequado.

2019-06-15T09:18:54+00:00 13 de junho de 2019|Categorias: Blog|Tags: , , , |0 Comentários

Deixe o seu comentário