O que diabos é comorbidade e o que podemos fazer?

Resultado de imagem para comorbidades

A comorbidade é simplesmente a ocorrência de duas ou mais doenças relacionadas no mesmo paciente e ao mesmo tempo. Algumas doenças comuns que vêem junto com depressão são: transtorno de ansiedade ou estresse, abuso de álcool, dor, diabetes e doenças cardiovasculares. Uma das características da comorbidade é que existe a possibilidade de as doenças se potencializarem mutuamente, ou seja, uma provoca o agravamento da outra. Como exemplo, o transtorno de ansiedade, muitas vezes vem junto com depressão e pode intensifica-la tornando-a o transtorno principal.

É claro que a ansiedade ou o estresse também são parte da experiência da depressão, de modo que uma maior ansiedade também é causada pela depressão. Além disso, o estresse que sentimos como parte da depressão tem um impacto físico em nosso corpo que tende a gerar problemas como doenças cardiovasculares e diabetes.

A questão da comorbidade nos diz que precisamos trabalhar a depressão em pelo menos duas frentes – na frente médica e na frente do estilo de vida. Precisamos consultar primeiro um médico para descobrir se há algo errado fisicamente que esteja nos causando depressão ou se a depressão que temos está causando outra doença.

Pelo lado médico, exames de saúde feitos regularmente podem ajudar a monitorar como você está. Quando fizer seus exames é importante informar seu médico sobre sua experiência com a depressão. Isso deverá ser levado em consideração, juntamente com os resultados para dar uma visão completa de sua saúde.

Quanto ao estilo de vida, há uma série de coisas que podemos fazer para ajudar a controlar a depressão e manter outras doenças à distância. Provavelmente, o primeiro deles é reduzir o estresse. Atacando diretamente o estresse, podemos reduzir a probabilidade de nos tornarmos deprimidos e reduzir a duração ou o impacto de um episódio depressivo. É aqui que exercícios, meditação, respiração, técnicas comportamentais cognitivas e bons hábitos de sono podem ser tremendamente úteis.

É claro que as técnicas de controle de estresse funcionam melhor se você começar a usá-las antes de ficar estressado ou deprimido. Isso lhe dará tempo de aprendizado e para tomar medidas preventivas, quando tem mais energia e motivação.

Se você pratica boas técnicas de gerenciamento de estresse quando está se sentindo bem, será mais fácil obter ajuda rápida se tiver um dia difícil ou se encontrar repentinamente em um ataque de desespero. Você também terá desenvolvido alguns hábitos que podem ser mais resistentes ao pensamento distorcido ou disfuncional que muitas vezes vêm com a depressão.

A comorbidade pode ser um fato na vida de quem tem depressão. A boa notícia é que, com a ajuda de um médico e um bom cuidado consigo mesmo, podemos fazer algumas coisas que ajudam evitar as comorbidades.

Fonte:  Depression Recovery Groups info=supportgroupscentral.com@mail167.suw12.mcsv.net

Tradução: Equipe ABRATA

« Voltar

Destaques

Seja um Voluntário ABRATA

A ABRATA seleciona candidatos para o trabalho voluntário que estão disponíveis para doar seu talento, tempo e trabalho para a prestação do serviço voluntário ao próximo. Não há necessidade de experiência em lidar com os familiares e as pessoas com transtorno bipolar e depressão, basta apenas ter a vontade e o desejo de ajudar.

Campanha “Pode Contar”

A campanha "Pode Contar", é uma iniciativa do Laboratório Sanofi-Medley, com o apoio da ABRATA, que visa ajudar, com empatia, pessoas que lhe sejam próximas e colaborando para o enfrentamento da depressão. É também um canal de ajuda para quem apresenta depressão, fornecendo informações sobre os sintomas, causas, como lidar, e acima de tudo: como fazer para pedir ajuda e não se "sentir sozinho".

Campanha “Depressão Bipolar, está na hora de falar sobre isso”

Depressão bipolar: está na hora de falar sobre isso” é a mais nova campanha da Daiichi Sankyo, que tem o apoio da ABRATA - Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos. O objetivo é conscientizar a população em geral sobre a importância da depressão bipolar, doença que atinge mais de seis milhões de brasileiros e depende de melhor diagnóstico e tratamento adequado.

2019-01-29T15:52:55+00:00 29 de janeiro de 2019|Categorias: Blog|Tags: , , |0 Comentários

Deixe o seu comentário