7 Dicas para lidar com situações estressantes quando você é bipolar

7 Dicas para lidar com situações estressantes quando você é bipolar

tipes

Recentemente, meu marido teve uma lesão teve uma lesão muito séria na mão direita, exigindo uma cirurgia de emergência e internação. Isso foi estressante em muitos níveis: emocionalmente, mentalmente, fisicamente e financeiramente. Eu tinha que achar amigos para cuidar de nossos filhos, marcar retornos com os médicos e aprender como cuidar do meu marido, que tinha dificuldade de se cuidar sozinho neste período. Foi cansativo, para dizer o mínimo.

Lidar com o trauma deste evento foi algo completamente diferente. Eu observava a mão mutilada do meu marido e via a agonia pela qual ele passava, que era perturbadora. Quando me dei conta do quanto a lesão era séria, eu tive que entrar completamente no modo-crise. Isso me fez gastar muita energia extra e eu acabava chorando de soluçar incontrolavelmente algumas vezes durante aqueles dias difíceis.

Com o meu diagnóstico recente de bipolar tipo I, eu sei que tenho me manter longe de estresse o máximo possível. Mas o que acontece quando o estresse me acha? O que acontece quando o impensável ocorre? Como alguém com transtorno bipolar lida com estes eventos?

Eu certamente não sou nenhuma especialista na área, mas eu descobri algumas coisas que ajudaram a me estabilizar quando eu sentia que uma série ameaçadora de responsabilidades iria me envolver. Espero que você também ache isso útil.

1.      Criar limites saudáveis.

Eu comecei a abrir mão de todos os projetos não tão importantes que não tinham relação com o evento, anotando todos para voltar a eles no futuro.

2.      Rearranjar prioridades

Aqui foi quando eu realmente tive que dividir o necessário e desnecessário. Comecei a organizar quem precisava da minha ajuda primeiro e fui listando.

3.      Tirar um tempo pessoal

É importante para mim continuar a ouvir o que meu corpo precisa para assim manter o equilíbrio. Eu fazia o que podia para não ignorar constantemente minhas próprias necessidades para priorizar as de outra pessoa.

4.      Se manter organizado

Se você tem que mudar para uma rotina inesperada, você vai precisar ser o mais organizada possível. É difícil fazer isso quando se está no meio de uma crise, então é bom achar maneiras simples de seguir uma rotina, como, usar uma agenda ou aplicativo de calendário no celular.

5.      Descansar o suficiente

Não há como enfatizar isso o suficiente. Dormir pode ser essencial para lidar com situações difíceis e cada dia algo diferente irá acontecer. Eu me planejei para um caos e continuei na minha rotina de sono o melhor que pude e fez uma grande diferença.

6.      Pedir ajuda

Pedir ajuda só melhorou a situação. Tive que ligar para amigos próximos e membros da família para me ajudar a lidar com todas as responsabilidades adicionais, e foi um grande alívio.

7.      Falar com um terapeuta

Meu terapeuta me ajudou a me manter no caminho e me lembrou que eu preciso me dar uma colher de chá durante situações difíceis. Também foi muito bom ter alguém fora da situação pra conversar sobre as dificuldades. Pode ser difícil manter a estabilidade e, estresse extra pode causar todos os tipos de problemas com sua mente e seu corpo, de falta de bom senso à depressão e irritabilidade.

Mas não se preocupe! Você vai superar isto. Com planejamento cuidadoso é possível sobreviver a eventos traumáticos sem perder totalmente a habilidade de lidar com eles.

Que outras dicas você adicionaria a esta lista?

Fonte: http://www.bphope.com/blog/7-tips-for-coping-with-stressful-events-when-youre-bipolar-2/

Tradução livre: Equipe ABRATA

Sobre a autora: MELANIE MCKINNON

dicasMelanie McKinnon é uma escritora freelance da cidade de Mesa, no estado do Arizona. Ela é blogueira do The Huffington Post e escreveu para vários sites notáveis, como Scary Mommy, The Good Men Project e The Mighty. Diagnosticada com transtorno bipolar do tipo I em julho de 2015, ela usa seu tempo equilibrando seus modos e responsabilidades no trabalho, como instrutora de fitness e escritora e em casa, com seu marido e três filhos. Suas coisas favoritas incluem meditação, Pepsi Diet, o Arizona e futebol americano. Através de seus textos, ela espera incentivar e inspirar qualquer um que lute uma batalha diária. Leia mais de Melanie em seu blog: MelanieMeditates.com.

« Voltar

Destaques

Livros – Depressão Bipolar um Guia Abrangente

Os autores abordam a neurobiologia e a genética, a depressão bipolar em crianças e considerações relativas a suicídio, discutindo abordagens de tratamento específicas, desde o uso do lítio e de drogas anticonvulsivantes até intervenções psicológicas, com base nas pesquisas mais atuais sobre o assunto.

Campanha Daiichi

Depressão bipolar: está na hora de falar sobre isso” é a mais nova campanha da Daiichi Sankyo, que tem o apoio da ABRATA - Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos. O objetivo é conscientizar a população em geral sobre a importância da depressão bipolar, doença que atinge mais de seis milhões de brasileiros e depende de melhor diagnóstico e tratamento adequado.

Seja um Voluntário ABRATA

A ABRATA seleciona candidatos para o trabalho voluntário que estão disponíveis para doar seu talento, tempo e trabalho para a prestação do serviço voluntário ao próximo. Não há necessidade de experiência em lidar com os familiares e as pessoas com transtorno bipolar e depressão, basta apenas ter a vontade e o desejo de ajudar.

Deixe o seu comentário